Educação Infantil

Na Educação Infantil, os conhecimentos são trabalhados de forma integrada,a partir de dois âmbitos: Formação Pessoal e Social e Conhecimento de Mundo,subdivididos em: Movimento, Artes Visuais, Música, Linguagem Oral e escrita, Identidade e Autonomia, Natureza e Sociedade e Relações Matemáticas.

Complementam o trabalho, atividades culturais e esportivas, como Inglês e Judô, sendo desenvolvidas de acordo com a faixa etária das crianças.

Maternal
Na classe do Maternal, considera-se que a aquisição de habilidades é apenas parte do que deve ser proporcionado pela Escola, pois muito mais importante é aprender a apreciar a companhia de outras crianças, a cooperar e trabalhar com elas. Assim, a sociabilidade é a meta principal, muito embora a criança tenha oportunidade para – na medida de seu interesse – treinar atividades de vida prática, fazer jogos de encaixe, de cores, de forma, trabalhar com materiais iniciação musical e ouvir histórias.

Pré I
Na classe de Pré I, aos 4 anos, a criança percebe o mundo sob vários aspectos acessíveis ao sentido; este “período sensitivo”é intensamente trabalhado em atelieres, aulas de música, ginástica e atividades livres de recreio. A criança sendo capaz de concentrar-se por mais tempo está mais apta a fazer um treino sistemático de todos os pré-requisitos necessários à sua futura escolaridade. Assim, deve adquirir novas habilidades que lhe permitam alcançar a independência própria da idade. Tem-se particularmente em vista que a criança consiga organizar-se tanto em relação ao material e as atividades escolares, quanto às atividades de sua vida diária. Que seja capaz de obedecer a algumas normas de comportamento e que já comece a normalizar-se sob o aspecto da sociabilidade.

Pré II
Na classe do Pré II a criança tem uma percepção mais exata do espaço e do mundo que a cerca. Com um controle motor mais desenvolvido, manipula melhor as técnicas de desenho e da arte em geral, seu espírito desabrocha para uma variedade maior de noções, é capaz de trabalhar mais tempo e de persistir na tarefa com o objetivo de levá-la ao fim. Assim, nesta classe, a criança é solicitada a enriquecer a linguagem oral, a compreender a relação entre linguagem falada e escrita, construindo seus conhecimentos, bem como é trabalhada nas funções específicas necessárias para a alfabetização e o futuro aprendizado em geral. Dá-se uma ênfase muito grande à parte de organização e desenvolvimento do raciocínio.